Aulas particulares de Matemática on-line. promath@promath.com.br (41) 99856-2185

Newton da Costa – Como assim não conhece?

O professor Newton Carneiro Affonso da Costa certamente está entre os melhores lógicos e filósofos da ciência de todos os tempos. É notável o fato dele ser brasileiro, pois aqui não havia pesquisa alguma sobre lógica antes do seu trabalho.

Decidi escrever esta postagem porque é um absurdo lastimável ele não ser uma das pessoas mais famosas no Brasil!
Inclusive já vi várias pessoas duvidando da relevância do seu trabalho ao vê-lo falar ou ao ler algum texto sobre ele. Qualquer pessoa séria que analise o trabalho de Newton da Costa verá o quão pífio é o povo brasileiro por não dar o devido valor ao seu trabalho e consequentemente por não ser muito conhecido.

Fiz uma coletânea de textos e entrevistas sobre o professor Newton da Costa com o objetivo de divulgar um dos maiores cientistas que o Brasil “não sabe que tem”.

1 – Newton é brasileiro. E daí?

Texto escrito por Adonai S. Sant’anna, discípulo de Newton da Costa. Muito crítico, Adonai fala sobre a estratégia que Newton da Costa usou para disseminar o conhecimento pelas universidades brasileiras. Leia um trecho para ‘esquentar’:

“Reconheço que muitos nas universidades fazem o melhor que podem, às vezes indo muito além. Não estou criticando pessoas ou instituições específicas nos últimos parágrafos. Estou criticando a existência de uma intrincada rede no seio social brasileiro que dificulta a transformação do ambiente acadêmico em um lugar que realize pesquisa de ponta e educação de qualidade. Talvez essa rede exista por pura ignorância. É possível que nossos dirigentes simplesmente não tenham a menor idéia de como administrar o ensino superior brasileiro e sua inseparável pesquisa científica. E para o povo é possível que baste um carro na garagem e uma casa na praia, ou carnaval e futebol, para que se alcance a felicidade individual ou qualquer noção arbitrária de justiça social.

O Professor Newton poderia ter encontrado um ambiente muito mais propício à pesquisa em uma boa universidade norte-americana ou européia. Ele preferiu ficar no Brasil. Um dos resultados disso foi a formação de graduados, mestres e doutores que também lutam para fazer a diferença em nosso país ou mesmo no exterior. São vários os ex-alunos do Professor Newton que se destacaram e se destacam pela qualidade de suas pesquisas e pelo exemplo de suas aulas.”

Clique aqui para ler o texto completo.

2 – Entrevista com Newton da Costa: Paixão e contradição

Uma entrevista muito motivadora, por Neldson Marcolin, publicada em Pesquisa Online FAPESP em Junho de 2008. Leia uma pergunta para ‘sentir o gostinho’:

“Como vê o baixo nível do ensino e aprendizagem de matemática no Brasil?”

“É uma barbaridade. Convivi com o ensino secundário dos Estados Unidos, na escola pública de Berkeley. Lá existe o que eles chamam de honour courses, cursos de honra. Os alunos que querem fazer cursos técnicos, como mecânica de automóveis, têm um mínimo de aulas de inglês, história etc. Depois, se quiserem, podem completar os créditos com os outros cursos. Mas os honour courses só fazem aqueles que querem ir para a universidade. São turmas pequenas, de 10, 12 alunos, com professores em tempo integral. O ensino envolve cálculo diferencial, cálculo integral, computação, geometria analítica… A pessoa entra de livre e espontânea vontade e se compromete a não ter nota baixa. Se não acompanhar, sai. Depois que acaba o curso, bastam duas cartas de recomendação dos professores para entrar na universidade. Se o aluno for bom nesses cursos, já está na universidade. Por várias vezes sugeri fazer algo semelhante aqui, mas sempre me dizem que não é democrático, que é elitista…”

Clique aqui para ler a entrevista inteira.

3 – Jornal da UNICAMP

  • 2 a 8 de junho de 2003: (clique na imagem para abrir e pressione CTRL+ para aproximar)

  • 17 a 23 de agosto de 2009: (clique na imagem para abrir e pressione CTRL+ para aproximar)

4 – Itajubá em FocoEntrevista com Newton da Costa:

Postado no youtube por itajubaemfoco.

5 – Palestra: Newton da Costa, Fundamentos da Física
(só clicar e assistir)

Esta notícia tem 9 comentários

  1. Olá, Renato!
    No brasil, é conhecido aquele ditado popular: " santo de casa não produz milagres"! Ótimo trabalho esse seu aqui, mostrando que os santos existem e se não operam milagres, é porque nós não os tratamos com o devido respeito! Depois de ver aqui um pouco da história de vida do professor Newton da Costa, chego à seguinte conclusão: " O Newton nosso é melhor para nós… do que o Newton dos outros"!
    Um abraço!!!!!

  2. Olá Renato. Adorei a postagem.
    Gostei especialmente do segundo jornalzinho (17 a 23 de agosto de 2009), mas ainda não li a entrevista do item 2 (que parece ser muito boa também). O texto do jornal é objetivo e traz informações importantes e surpreendentes. Sim, pra mim se interessar, e ler, textos de Platão e Aristótles em francês aos 15 anos é surpreendente. Mais surpreendente é criar uma nova teoria, isso é magnífico.
    Fico muito honrada em saber que uma pessoa tão admirável como o prof. Newton é brasileiro, mas por outro lado muito triste por perceber que o Brasil não se deu conta disso, nem sequer a comunidade científica.
    Eu fiz graduação em matemática na UFPR e faço mestrado na USP, duas universidades onde o prof. Newton passou bastante tempo, e depois de cinco anos nesse meio eu ainda não sabia de nada disso. Obrigada Renato, e parabéns pela postagem.

  3. É bom saber que temos um Newton também. Eu ja havia me deparado, na internet, com essa magnifica pessoa há algum tempo. Lembro-me que fiquei admirado quando li que Newton Costa BRASILEIRO, havia marcado para sempre seu nome na história da humanidade e da ciencia com a criação da lógica paraconsistente. Temos outros grandes cientistas que fizeram e fazem contribuições relavantes para a ciencia e para a humanidade, como Artur Avila. O negócio é que no Brasil é mais importante um jogo do campeonato Brasileiro ou quem vai ser eliminado do BBB do que uma conquista intelectual nacional.

    Gostei do blog. Vai para minha barra de favoritos. abraços;

  4. O post realmente é muito bom. Ele junta várias referências sobre o Newton o que facilita a pesquisa. Estava falando com uma amiga sobre o Newton quando vi esse post e indiquei imediatamente.
    Gostei da entrevista, especialmente. É interessante ouvir a opinião de alguém como Newton sobre religião e espiritualidade (mesmo tendo uma opinião divergente).

  5. Ola Renato, sou Matemático do estado da Paraíba e adorei sua iniciativa, de falar desse grande Cientista e Matemático Newton, já li um Perfil sobre ele na revista Cientifica, Ano 2, nº 13, o mesmo fala sobre como modificar o Calculo Logico classico de modo a obter sistemas formais onde a existencia de contradiçoes não trivializa o sistema. Procurem ler é muito boa.

    "A imaginação nos leva a descobrir, ou inventar, universos matematicos novos"
    Newton da Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *