Aulas particulares de Matemática em Curitiba - De segunda à sexta, das 8h às 18h com hora marcada. promath@promath.com.br (41) 99856-2185

Vídeo: Analfabetismo Numérico – Ensino viciado, centrado nas tabuadas e algoritmos

Trecho retirado da Tertúlia 3034: Matematicofobia:

Esta notícia tem um comentário

  1. O comentário dessa senhora é muito simplista , e lamento que mesmo sendo professora não tenha uma percepção da realidade que vivemos no brasil .A questão de ensino de Matemática no Brasil está relacionado principalmente a politização da educação no brasil , onde a escola pública é massa de manobra para políticos.No Ensino Fundamental , em especial, a aprovação dos alunos é praticamente obrigatória , porque o aluno é oprimido e por conta disto a educação deve ser mais instrumental e próxima a realidade do aluno e,também, toda a liberdade de expressão é dada a esse aluno ( observe como o nível de violência entre alunos e professores aumentou assustadoramente) . Conheço muitos professores preparadíssimos, mas que não conseguem atuar adequadamente em sala de aula , por conta de normas impostas pelas secretarias , sem falar no baixíssimo investimento global em educação , em especial aquele que tange ao professor ,que no brasil é desvalorizadíssimo , com baixíssimos salários e más condições de trabalho.Credito esculhambação pedagógica a um senhor que é chamado de patrono da educação brasileira: Paulo Freire , que instituiu a Luta de Classes na educação, em especial a Educação pública ,portanto não é meramente uma questão de “aula algorítmica ou não ” e sim de uma crise que foi instituída com um objetivo bem definido, usando as palavras do Darcy Ribeiro não é uma crise e sim um projeto de esfacelamento do brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *